top of page

O entardecer para os unicórnios



A pandemia da covid-19 foi provavelmente o maior agente de transformação digital que tivemos nos últimos 20 anos, com ela vimos empresas inteiras migrarem para modelos remotos, digitalizarem suas estruturas, otimizarem processos para cortar custos, e investirem massivamente na digitalização do trabalho. A recuperação veio no modelo "K" com algumas empresas prosperando durante períodos de pandemia, como Mercado Livre, Zoom e 3m e outros que faliram completamente, como a Grow ( green + yellow) de mobilidade urbana, e ao que parece, é o cenário para alguns unicórnios também.


Neste ano a maior aceleradora do vale do sílicio, Y combinator, pediu para que as startups preparem-se para o pior, em um cenário de recursos escassos, com os olhos dos investidores buscando cada vez mais investimentos com retornos seguros, vai ficando cada vez mais difícil para startups buscarem rump-up com altas rodadas de investimentos. Não que a fonte esteja secando, ela apenas ficou mais criteriosa. Será cada vez mais difícil vermos casos de investimentos pesados como o da Softbank na Wework, e com o aumento da taxa de juros se mostrando uma tendência no mundo, veremos um período de estiagem para os investimentos nos unicórnios.


O resultado disso é que provavelmente muitas empresas passarão a fazer uma releitura de suas estratégias, de forma muito mais célere e assertiva, o mercado competitivo de inovação não está mais investindo em peixes, mas em tubarões. Investidores estão buscando negócios mais estruturados, não necessariamente robustos ( até porque esses não são anti-frágeis, como falamos aqui) mas que possuam maior coerência. De fato, o próprio Rodrigo Baer da Softbank falou que tem muito investidor fazendo bobagem, e que provavelmente o que vem agora é um momento de correção.


Correção que vem para o mercado de inovação como um todo, visto que até mesmo as criptomoedas entraram em queda, dado a fatores como alta do juros que já falamos aqui, e até mesmo a guerra entre Ucrânia e Russa, duas das maiores potências de mineração de criptomoedas. Soma-se a isso o cenário de "Layoffs" que estamos vivendo, com startups limpando o quadro de funcionários, de Kavak a Ebanx.

A verdade é que o entardecer dos unicórnios nada mais é do que um momento de correção, Adam Neumaan é exemplo claro disso, acabou de atrair um gigantesco aporte em sua nova empreitada, a Flow, chamando a atenção da gestora de capital de risco Andreessen Horowitz, mostrando que ainda há apetite para aqueles que tiveram lições aprendidas e estão dispostos a não cometer os mesmos erros do passado.


Por aqui ainda veremos uma boa leva de empresas redesenhando sua estratégia, cortando o tamanho da folha de pagamentos, focando em enxugar processos e estruturar margens mais atrativas. Isso significa que o mercado passará a tratar com maior celeridade produtos sem metas, projetos sem estratégia, investimento sem retorno tangível. Um redesenho de estratégias, onde práticas ágeis e lean continuarão a prosperar.


Eu e alguns sócios, principalmente com o David Moura, falamos sobre o mindset lean para gestão da estratégica, e você pode ver mais sobre o assunto e se preparar clicando aqui.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page